O fórum "Teologia contemporânea e trânsito religioso no Brasil" congrega alunos do módulo Teologia Contemporânea das Faculdades Integradas da Fama (FAIFA), em Goiânia, Goiás e é coordenado pela profª. Lázara Coelho.

Tags: teologia religioso transito
23/07/2013 14:59
De: PR. JUNIOR (vforte1@hotmail.com)
IP: 186.223.75.194

Respostas de cursos de Pastor e Bacharel da Faculdade Gospel.

GRAÇA E PAZ A TODOS!
ESTÁ SEM TEMPO DE RESPONDER O SEU QUESTIONÁRIO DE TEOLOGIA???
EU FAÇO ISSO POR VOCÊ!!!
TENHO OS QUESTIONÁRIOS COMPLETOS DA FACULADDE GOSPEL.
TUDO RÁPIDO E SEM SURPRESAS NO MEIO DO CAMINHO... .
PRECISOU!!! ENTRE EM CONTATO COM QUEM REALMENTE PODE TE AJUDAR!!!
AGUARDO A SUA VISITA.
FIQUE NA PAZ DE NOSSO SENHOR
PR. JUNIOR.
03/01/2014 12:14
De: Pr. Junior (prjunior1@outlook.com)
IP: 201.23.176.224

Respostas - Pastor - Bacharel - Missiologia - Mestrado - Fac. Gospel.

Precisando de respostas dos cursos de Pastor e Bacharel da Faculdade Gospel???  
Então você não vai perder essa grande promoção!!!  
São dois questionários no valor de um. É isso mesmo, dois questionários no valor de um.  
Na adesão do questionário de Pastor você leva de presente o questionário de Bacharel totalmente grátis!!!  
Promoção válida de 1 de dezembro de 2013 até 31 de janeiro de 2014.  
Para o questionário de Bacharel descontos especiais.  
Não perca mais tempo procurando, venha e faça-nos uma visita e comprove nossas promoções imperdíveis de fim de ano.  
Esperamos por você!!!  
Fiquem na paz e bom final de ano a todos!!!  
01/12/2009 08:35
De: Edmundo Prado
IP: 189.31.47.212

Resposta a Teologia Comtemporânea

Concordo com o Profesor Oadi Salum quando ele diz:  “Seja o teólogo, arauto do liberalismo, ou aquele outro ardoroso fundamentalista, ou, ainda, tantos outros que oscilam entre esses dois pólos, o importante é que nenhum deles permaneça alheio ao estudioso dessa área. Os teólogos fiéis e submissos à Palavra fortalecem nossa fé e a tornam mais adulta e vigorosa.”
Aproximadamente há 490 anos a Igreja Protestante passou por uma reforma buscando combater as heresias, a volta aos os princípios cristãos verdadeiros e uma teologia alicerçada nas escrituras.  Tanto Luthero como Calvino defendiam a necessidade da utilização das escrituras como fonte para compreender, discernir, aceitar, orientar, julgar e refutar todo o pensamento teológico e doutrinas praticadas pela própria igreja. É necessário que resgatemos os princípios básicos da Reforma: "Sola Fide; Sola Gratia; Sola Scriptura; Sola Christus". Toda a teologia, mesmo a defendida por Luthero e Calvino devem passar pelo crivo das escrituras.
O apostolo Paulo ao escrever aos irmãos da igreja na Galácia  nos alerta “Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema. (Gálatas 1:8)“ .  O abandono do estudo das escrituras tem levado o evangelho a perder sua identidade. Heresias assustadoras têm sido propagadas e defendidas como sendo bíblicas. Teólogos, professores, pastores e pessoas que negam a inerrância da Bíblia, negando-a como palavra de Deus. Como afirmou em seu sermão o Pr. Hernandes dias Lopes:  “A igreja cristã havia se desviado da doutrina dos apóstolos e acrescentado muitos dogmas estranhos e heréticos ao seu arcabouço doutrinário. A Reforma denunciou esses erros, eliminou-os e colocou a igreja de volta nos trilhos da verdade. Hoje, precisamos de uma nova Reforma.”
Precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática. Sabemos que as escrituras podem e devem ser contextualizada, mas não podemos permitir que o pensamento e princípios da pós-modernidade defina ou altere a palavra de Deus, seus significados e propósitos para o homem. Demos seguir o exemplo de nossos irmãos beréianos e assumir uma postura de apologeta na luta pela manutenção da ortodoxia bíblica. “Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.”( Atos 17:11 ).
20/12/2009 16:10
De: Mirian Cândida de Amorim Rocha
IP: 189.31.47.173

Teologia contemporanea

“Nós cristãos com pensamentos e opiniões diversas quanto ao arauto do liberalismo, ou aquele outro ardoroso fundamentalista, ou, ainda, tantos outros que oscilam entre esses dois pólos, o importante é que nenhum deles permaneça alheio ao estudioso dessa área. Os teólogos fiéis e submissos à Palavra fortalecem nossa fé e a tornam mais adulta e vigorosa.”
Com a reforma a Igreja Protestante combateu varias heresias, a volta aos os princípios cristãos verdadeiros e uma teologia alicerçada nas escrituras.  Tanto Luthero como Calvino defendiam a necessidade da utilização das escrituras como fonte para compreender, discernir, aceitar, orientar, julgar e refutar todo o pensamento teológico e doutrinas praticadas pela própria igreja. É necessário que resgatemos os princípios básicos da Reforma: "Sola Fide; Sola Gratia; Sola Scriptura; Sola Christus". Toda a teologia, mesmo a defendida por Luthero e Calvino devem passar pelo crivo das escrituras.
Teólogos, professores, pastores e pessoas que negam a inerrância da Bíblia, negando-a como palavra de Deus. Precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática.
A teologia dos reformadores afirma que toda reflexão doutrinária sob o domínio da fé sustenta-se na autoridade absoluta da Palavra de Deus.
A partir de então, a teologia passou a ter como ponto referencial o pensamento dos reformadores, pela aceitação, ou pela rejeição dos seus pontos basilares. As correntes teológicas mais próximas de nós no tempo e no espaço são definidas de acordo com o posicionamento analítico-crítico que assumem em relação aos grandes “solas” da teologia reformada: sola Scriptura (Só a escritura), sola fide (Só a fé), sola gratia (Só a graça), solus Christus (Só Cristo), coroados pela exultante doxologia que emana do reconhecimento humilde da soberania absoluta de Deus, expressa pelo “soli Deo gloria”!
Nos tempos atuais abre-se ilimitado espaço para a inserção de “teologias” para todos os gostos e tendências subjetivas; aqui estão: Teologia da revolução, da secularização, lúdica, política, dialética, feminista, do negro, da libertação, do paradoxo, da crise, da esperança, liberal, fundamentalista, ortodoxa, neo-calvinista, e até mesmo uma teologia da morte de Deus! Neste cipoal inextricável, confuso, caótico, a teologia reformada que se apóia no inamovível fundamento da soberana Palavra de Deus desfruta do dever imperativo de fazer ouvir a sua voz crítica e orientadora e, assim, indicar o reto caminho em meio às encruzilhadas convidativas, mas perigosas a que todos estamos expostos.
De Charles Hodge a Paul Tillich
É fácil e ao mesmo tempo delicado citar os nomes que mais se destacam na teologia contemporânea. A subjetividade do tema o complica. Um grupo é marcado pela presença de eminentes teólogos clássicos do protestantismo que se firmaram numa linha calvinista, de fidelidade sem reservas às Escrituras Sagradas. O outro grupo não apresenta uma linha de pensamento teológico uniforme, nem quanto aos aspectos capitais da fé cristã. Daí, a necessidade imperiosa de entender a elaboração teológica de cada um sob o crivo das Escrituras Sagradas.
Apesar de discutirmos vários pensamentos e opiniões esquecemos muitas das vezes que Jesus Cristo de Nazaré tinha somente uma visão demonstra aquilo que sempre foi e é a Verdade.
A verdade que nos liberta de muitas teologias enganosas e fragilizadas por opiniões de homem que são sujeitos a falhar constantemente, esses por sua vez esquecem que daremos conta de tudo diante de Deus não só dos nossos pensamentos como também de nossas ações.
Sem duvida alguma creio que Deus e o Altíssimo que governa o reino dos homens com precisão e poder.
28/06/2010 16:24
De: Lázara Coelho
IP: 201.86.187.64

Re: Teologia Contemporanea e Transito Religioso

Luciano, boa tarde! Você apontou um ensaio de 1994 onde se sugeria que "as diferentes tradições religiosas estão em permanente processo de reinvenção e rearticulação muitas vezes responsável pelo obscurecimento da nitidez das fronteiras." Qual é a obra e seu autor? Pode disponibilizar as referências para os participantes do Fórum? Lázara Coelho.
28/06/2010 16:58
De: Lázara Coelho
IP: 201.86.187.64

Re: Trânsito Religioso

Boa tarde, prof. Hélio. Você tem razão: a Rede Record de Televisão e as igrejas, em geral, não podem se esquecer... jamais: "A liberdade religiosa não pode ser confundida com livre concorrência". Ah, um bom tema para TCC é esse! Falando nisso, que diferença essencial há entre "liberdade religiosa" e "livre concorrência"? E provoco: além da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que outro documento temos que garante essa liberdade? Que texto bíblico temos? E nossa Constituição (ver Leis que tramitam no Congresso e que contrariam a liberdade religiosa em: http://shelldon.musicblog.com.br/249706/LEIS-QUE-TRAMITAM-EM-BRASILIA-CONTRARIAS-A-IGREJA-EVANGELICA/), hen? Você acha que já está se desenhando nos céus do Brasil uma certa "perseguição religiosa branca"?
12/12/2009 18:05
De: CLEBER DE PAULA LOPES
IP: 189.74.13.100

NOVA REFORMA URGENTE

Precisamos de uma nova REFORMA urgente, visto que a Igreja atual esta a passos largos a imagem e semelhança da igreja que antecedeu a Reforma proposta por Martinho Lutero, João Calvino e varios outros que se destacaram ao longo da historia da igreja.
Em varias igrejas nos dias atuais, não se pode distinguir quem são os Pastores e quem são os Politicos, ou seja, a Igreja e o Estado caminham em uma grande UNIDADE, assim como foi nos dias que antecederam a Reforma Protestante. Os membros de varias e varias igrejas são praticamente ``obrigados`` a prestarem todo apoio politico aos candidatos da igreja, que normalmente são membros da familia Pastoral. Quando um membro não presta esse tipo de apoio é taxado de rebelde, insubmisso, etc.
Parece que a Graça, o Amor e o Poder de Deus caminha junto com a Autoridade Politica, ou seja, se a Igreja não tiver seus representantes politicos para abrir portas no Congresso, a Graça, o Amor e o Poder de Deus é insuficiente para o progresso e continuidade da Igreja. Invalidam a Promessa feita por Jesus: ``As portas do Inferno não prevaleceram contra a minha Igreja``.
Outro ponto que vale ser lembrado é sobre a Autoridade Infalivel da Biblia, pois ela esta acima de qualquer outra autoridade (Pastoral, Papa). O Tradicionalismo tem falado muito alto em muitas igrejas atuais, onde os dogmas, costumes, ``achologias``, rituais tem tido uma Autoridade muito grande, ofuscado a Autoridade Infalivel da Palavra.
Até algum tempo atrás se pregava em muitas igrejas a ``Teologia da Pobreza``, onde enfatizava que Deus ama os pobres, simples, humildes (traduziam simplicidade e humildade como sendo pobreza), e com isso o Cristianismo era na sua grande maioria de pessoas de baixa renda. Porém, com o passar dos anos essa realidade tem se transformado. Hoje se prega muito a ``Teologia da Prosperidade``, onde que não tiver bens financeiros esta com sua vida espiritual bagunçada, desorganizada. Muitos frequentam as Igrejas não por causa de Deus e sim atrás de bençãos materiais. São movidos por compromissos passageiros (campanhas e mais campanhas). E muitos deles não querem compromisso com a Palavra de Deus e nem com Jesus.
Que Deus levante novos Luteros, novos Calvinos que tenham ousadia e coragem para promoverem usados por Deus uma NOVA REFORMA PROTESTANTE.
29/12/2009 10:05
De: Sandra Maris Correa
IP: 187.52.118.136

Teologia Contemporanea e o Transito Religioso no Brasil.

A religião hoje, no Brasil, parece ter perdido o seu real sentido de “religar o homem a Deus”, para se tornar campo de pesquisa, onde o homem transita de uma religião para outra, como se fosse “peixe pescado em aquário”. É intrigante observar a aglomeração de pessoas defendendo o amor, a santidade, o perdão, a união, a obediência com tanta convicção e determinação que, conseguem converter e atrair muitos novos seguidores a trilhar esse caminho, convencidos de que estão no lugar certo com as pessoas certas. Até que, de maneira abrupta e instantânea, algo acontece e a união, amor, submissão são substituídos pelo sentimento de protesto que gera divisão, separação e o inicio de outro aglomerado de pessoas defendendo os mesmos interesses e atitudes só que com um líder diferente. Diante dessa realidade caótica, me pego a indagar se não estamos colhendo os frutos dos protestos e reformas feitas num passado não tão distante. Sinto-me atraída pelo grupo que, em numero sempre menor ao que protesta algo, permanece fiel, observando tudo e retendo o que é bom. Entender o grupo dos que protestam e o grupo dos que permanecem é algo extremamente difícil, pois, todos os dois grupos se utilizam das verdades contidas na Palavra de Deus só que, com interpretações distintas, o que, no meu ponto de vista, tem causado esse fluxo de pessoas indo e vindo no campo religioso à procura de um lugar seguro que os garanta a certeza da vida eterna.  Para mim, somente Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida e, é na sua Palavra que encontro o conselho útil e a direção segura a seguir, o que independe dos grupos, dos movimentos, dos pensamentos e dos líderes religiosos que surgem ao longo do caminhar, pois, a sua Palavra é a verdade que permanece para sempre.
22/05/2010 14:07
De: MARIA ELI MILHOMEM
IP: 201.34.11.196

A DIVERSIDADE DO TRANSITO RELIGIOSO

Existe uma enorme diversidade no contexto no transito religioso, podendo encontrar várias contribuições entre elas as de Oadi Salum, onde ele explora a idéia de várias tendências teológicas, expondo uma ilimitada religiosidade. A vasta extensão no mundo religioso traz consigo comportamentos adversos e inúmeras formas de interpretações; oriundo da Reforma Protestante. Movimento esse, que veio somar à época moderna, provocando uma nova mentalidade religiosa no contexto global. Devido ao trânsito religioso, incontáveis religiões surgem a cada dia, adquirindo características próprias de cada movimento adequando-se a sua cultura. Num mundo liberalista e contemporâneo não se tem precisão e controle.  Entende-se que inúmeras representações podem surgi, contudo a preservação da razão, e o fato de que a Palavra de Deus deve ser reconhecida como fonte divina. Naturalmente devido a inovações e modernidades abrem-se caminhos para variedades e práticas religiosas, promovendo crenças diversas no território brasileiro. Não cabe à Teologia entender cada cultura religiosa, porém compromete conhecer e respeitar os pontos de vista adversos que surgiram  e surge a cada época, com seus pensadores e que independentemente deixam suas contribuições na história religiosa. No Brasil têm-se várias contribuições religiosas que advém da sua colonização e que ate hoje se subtrai em credos mais diversos possíveis, podendo então compreender o que os autores investigam.
02/03/2010 09:24
De: José Aderbal Pereira
IP: 187.52.84.133

Teologia Contemporânea

              Acredito que a historia tem nos revelado grandes pensadores e teólogos, como diz o texto de Teologia Contemporânea ainda hoje influencia a teologia moderna. Muitas das vezes homens que escolheram aproveitar as idéias bíblicas, sem distorcê-las adaptando-as a uma nova teologia e ao mundo de hoje impulsionados pela própria palavra de Deus não agindo egoisticamente, por querer dar uma explicação para o que não pode ser muitas das vezes explicado ou mesmo entendido se não pela fé optando por aquilo que o mantém não somente dentro, mas também que o leve a cada dia  aperfeiçoá-lo na pratica da vontade de Deus. Mas por outro lado observamos aqueles que optaram pelo mais simples ou podemos dizer pelo mais fácil forçando uma justificativa de uma pratica ou uma explicação para o que não pode ser explicado mesmo que venha contrariar a palavra de Deus. A verdade é que como temos exemplos de bons teólogos que se preocupam com a verdade, temos os maus teólogos que só querem satisfazer o seu orgulho mesmo que suas idéias e às vezes até sua pratica que ferem ou vão contraria a palavra de Deus que podem não somente resultar em heresias como surgiram muitas vezes, mas também podem levar para uma pratica que dificulte  ou ainda o distancie cada vez mais o homem da vontade de Deus. Isto só vem nos mostra o tamanho da responsabilidade que os teólogos do passado tinham em suas mãos como também os de hoje e os de amanha.  A lição aprendida é que podemos  aprender com os erros do passado para não errarmos no presente e nem no futuro, mas que cuidados temos tomado para que isto seja verdade nos dias de hoje?
20/12/2009 21:05
De: Eronildes Pedro Lima
IP: 189.114.34.153

Teologia Contemporanea e Transito Religioso

O grande movimento de migração no campo religioso brasileiro que se observa nas últimas décadas, e a excessiva busca por novas alternativas religiosas, assim como sua intensa fragmentação institucional refletem de alguma forma as transformações ocorridas neste campo. O perfil dos fiéis em trânsito são aqueles que estão vivendo em situações limites, à procura dessa esperança concretizada, da antecipação desse futuro promissor, mágico. Por várias vezes ouvimos entre os fiéis da Igreja a repetição de frases prontas escritas pelos líderes nos envelopes de dízimos, jornais, sites e campanhas do tipo: Dupla honra; A Força de Deus; Deus mudará sua sorte; Domingo dos milagres; Portas Abertas, todas elas frases que estimulam o fiel a permanecer em busca da sua virada, assim como no chamamento de outros adeptos. Talvez não exista em outros lugares um trânsito religioso tão acentuado como aqui na América Latina, mas existe a deserção. Deserta-se de ser cristão. Parece que Deus não é necessário. Troca-se Deus pelo ídolo. O ídolo é aquilo que se constrói. O que se está procurando? É o bem-estar, é o prazer, é o possuir, é o poder? Muitos fazem disso o ídolo de sua vida. Acho que ser cristão hoje parece ser algo proveniente do subjetivismo, do relativismo, do individualismo. Ser cristão é abertura para o outro, é fraternidade, é solidariedade e, dentro disso, é o perdão.
20/12/2009 21:01
De: Carlos Neves do Nascimento
IP: 189.114.34.153

Transito Religioso

Nesse novo século, tem-se a marca constante de um outro traço da religião na modernidade,  é o trânsito religioso, que consiste no deslocamento dos religiosos por diversos espaços sagrados e/ou crenças religiosas e na prática simultânea de diferentes religiões. Um trânsito que se dá tanto entre as religiões institucionalizadas, quanto entre as religiões e outros sistemas produtores de sentido menos estruturados.  Mais uma vez podemos perceber uma coincidência entre aquilo que estes autores estão apresentando como um traço das formas modernas de crer e as práticas das religiões populares tradicionais. Ou seja, a mesma lógica que subjaz ao trânsito religioso nas modernas formas de crer pode ser encontrada também no campo das religiões populares. A idéia de que os diferentes sistemas religiosos são complementares, e não excludentes, já encontramos no texto de Guimarães Rosa, onde seu personagem afirma que “religião, quanto mais melhor”. Neste sentido, as religiões não estariam em competição entre si, mas se somariam em vista da garantia de uma maior proteção para aqueles que as buscam como resposta à sua aflição. Junta-se a isto a visão recorrente na cultura popular de que as instituições religiosas não esgotam as forças do sagrado. Há algumas dimensões do sagrado que só se realizam para além das fronteiras institucionais. Uma espécie de “sagrado selvagem” que não cabe dentro da ordem ou dos limites que as instituições procuram estabelecer na distinção entre o sagrado e o profano.
17/11/2014 22:57
De: pr. Junior (prjunior1@outlook.com)
IP: 191.247.228.53

Respostas de pastor e bacharel da Fac. Gospel

Precisando das
respostas dos cursos de
Pastor e Bacharel em
teologia?          
Me mande um e-mail
solicitando qual curso vc
está com
dificuldade.          
Eu te ajudo!!!          
A paz a todos.          
Pr. Junior + do q. 1
amigo, 1 irmão!          
                                             
          "Atenção"          
Favor contatar somente
direto pelo meu e-mail:
prjunior1@outlook.com   
       
Não contate pelo
inforum.          
Obrigado!
22/12/2009 17:16
De: Elias Candido De Amorim
IP: 189.59.12.170

Re: Teologia contemporânea, uma visão panorâmica

Posso dizer diversas opiniões sobre o liberalismo e o fundamentalismo, mas o importante é que todos permaneçam fiéis e submissos a Palavra de Deus, independente de qualquer que seja os polos. É nescessário que resgatemos principios básicos da reforma, como ja dizia Luthero e Calvino em que toda teologia tem que passar pelo crivo das Escrituras, combatendo as heresias e para discernir, orientar, julgar qualqer pensamento teológico. O importante é que sempre precisamos voltar a Palavra de Deus como nossa única rega de fé e prática, e não negar a inerrância da palavra como alguns teólogos, pastores e etc. Nos tempos atuais como tendências subejetivas a teologia da revolução e a teologia reformada como ja dizia Charles Hodge e Paul Tilich. ao memso tempo ao citar nomes que se destacam na teologia conteporânea a subjetividade à esse tema complica, pois há teologos clássicos com fidelidade as Escrituras Sagradas, e há teoloos com pensamentos uniformes aos aspectos capitais da fé cristã, por isso sempre devemos entender que a elaboração da teologia tem que passar pelo prumo das Escrituras. Mas com vários pensamentos e opiniões nos demonstram uma visão da verdade, como Jesus nos ensinou. O homem sempre está sujeito a falhar cosntantemente mas este homem não pode esquecer que ele vai dar conta, diante de Deus de seus pensamentos e suas ações. Mas sempre devemos entender e lembrar  que Deus é quem governa com precisão e poder pois somente ele é o altissimo.
Seu IP: 18.208.186.19 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)